Atenção Psicossocial debate Notificação Compulsória de Suicídio nos presídios

32

Com o objetivo de ampliar e fortalecer os laços na saúde pública, a equipe da Coordenação Técnica de Atenção Psicossocial da Secretaria de Saúde de Maceió (CTAP/SMS) promoveu, nesta terça-feira (26), no Sistema Prisional de Alagoas, localizado na Cidade Universitária, uma capacitação sobre Notificação Compulsória de Suicídio e Automutilação para os profissionais de saúde que atuam no referido sistema.

Na ocasião, a ação buscou discutir a importância da notificação compulsória tendo em vista ocorrências de automutilação, tentativas de suicídio e, até mesmo, a consumação do fato dentro do sistema carcerário. 

Para a psicóloga da Atenção Psicossocial da SMS, Patrícia Lins, a capacitação reforçou a importância da notificação desses casos para evitar danos maiores ao sujeito, à própria família e a toda a sociedade.

Profissionais de saúde do sistema prisional foram treinados para evitar a subnotificação de casos. Foto: Ascom SMS
Profissionais de saúde do sistema prisional foram treinados para evitar a subnotificação de casos. Foto: Ascom SMS

“Abrimos novos espaços para uma nova discussão e uma nova visão da saúde no sistema prisional, como elemento agregador na sociedade e facilitador na compreensão do outro, do ser privado de liberdade, mas que traz em si uma história que necessita ser compreendida. A partir das notificações compulsórias, vemos a importância de notificar para intervir e evitar maiores danos ao sujeito, à família e à sociedade”, destacou.

A capacitação também contou com a colaboração de Rozaly Costa, assistente social da Vigilância Epidemiológica da SMS que, além de apresentar a importância da notificação compulsória, buscou conhecer a experiência dos profissionais, bem como esclarecer dúvidas. 

“Com uma excelente participação dos profissionais do sistema prisional, em uma interlocução constante, acreditamos que o objetivo de divulgar a importância da notificação compulsória foi cumprido. Havia uma necessidade na adesão desses profissionais, mas agora esse momento foi alcançado e, com isso, as subnotificações serão evitadas”, afirmou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui