Prefeitura lança podcast para discutir e fortalecer a luta antirracista em Maceió

22

Nesta quinta-feira (21),a Prefeitura de Maceió lança o PretasCast. O podcast, idealizado pela Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), estreia no Dia Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial. A primeira entrevistada é Vanya Gatto, presidente do Coletivo de Mulheres Pretas Periféricas. Cliqueaquipara ouvir.

Vanya compartilha, no primeiro episódio, sua história de vida e superação, e o trabalho à frente do Coletivo de Mulheres Pretas Periféricas. O PretasCast está disponível no portal da Prefeitura de Maceió e faz parte das ações da Prefeitura de Maceió, por meio da Coordenação da Igualdade Racial da Secretaria Municipal da Mulher, Pessoas com Deficiência, Idosos e Cidadania (Semuc), para fortalecer a luta antirrascista na capital.

O podcast traz histórias de mulheres pretas e amplia o debate sobre ações para o fortalecimento da luta antirrascista. “Este espaço, o podcast, encontra lugares para que as lutas sejam viabilizadas. É preciso que cada pessoa assuma sua luta contra o racismo. O podcast vai compartilhar histórias e experiências para fortalecer a luta antirracista”, disse Arísia Barros, coordenadora de Igualdade Racial da Prefeitura de Maceió.

Eliane Aquino, subsecretária de Comunicação de Maceió, destacou a importância do PretasCast. “Contar a história de mulheres pretas que superaram obstáculos e que hoje são luta e referência no combate permanente ao racismo é mais uma forma de introduzirmos na sociedade conteúdo, alerta e resistência na igualdade racial em nossa Maceió. Essa é a função do nosso podcast”, afirmou.

O PretasCast é apresentado por Gleycyanny Romão e produzido por Teresa Cristina e Allana Paiva.

O dia 21 de março

No dia 21 de março de 1960, na África do Sul, 20 mil negros protestavam contra uma lei que limitava os lugares por onde eles podiam circular. A manifestação era pacífica, mas tropas do Exército atiraram contra a multidão e 69 pessoas morreram e outras 186 ficaram feridas. O episódio ficou conhecido como massacre de Shaperville. Em memória à tragédia, a Organização das Nações Unidas instituiu o 21 de março como o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui