Alunos do Ensino Fundamental são avaliados na aprendizagem de leitura e escrita

14

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está realizando, em 91 escolas de 1º ao 9º ano de Ensino Fundamental, as Avaliações Diagnósticas de Aprendizagem. O objetivo é analisar o nível de fluência de, aproximadamente, 37 mil estudantes nesta modalidade de ensino, tanto na leitura, quanto na escrita. O diagnóstico teve início em março e vai até a primeira semana de abril.

O resultado do levantamento está previsto para o dia 15 de abril. As informações possibilitarão que a rede pública municipal de ensino realize ações, planejamentos e atividades mais focadas, a exemplo da identificação dos alunos que vão precisar de apoio pedagógico nos laboratórios de aprendizagem, bem como correção de fluxo e ainda pensar propostas de intervenção pedagógica juntamente com os professores.

No dia 26 de março mais de 700 alunos do 6º ao 9º ano da Escola Kátia Pimentel Assunção, localizada no Jacintinho, participaram da avaliação diagnóstica durante todo o dia.

A vice- diretora da escola, Maria do Socorro, ressaltou a importância da realização da avaliação logo no inicio do ano letivo, possibilitando agregar às ações desenvolvidas pela unidade para a melhoria da aprendizagem dos alunos.

“Quando você faz esse teste logo no início do ano letivo, você consegue agregar direitinho e até para progredir o estudante de série, se for o caso. Se nessa avaliação, a gente tem a percepção de que aquele estudante está em distorção idade-escolaridade, ou seja, está muito além daquela série que ele está, a gente faz a progressão. O objetivo principal é a melhoria de aprendizagem de ensino”, destacou Maria do Socorro.

De acordo com a coordenadora-técnica de Ensino Fundamental, Ana Paula Almeida, as avaliações diagnósticas fazem parte de um processo interno, realizado pela Semed, para verificar o nível de aprendizagem dos estudantes. Ela explica que as avaliações vêm sendo realizadas sempre no primeiro mês de cada unidade letiva.

“Estamos no processo de avaliação diagnóstica da rede, que contempla o 1º ao 9º, é uma avaliação que trabalha tanto a fluência dos estudantes como a escrita. Ela é uma avaliação interna para que a gente possa ver o nível de aprendizagem deles. Ocorre sempre no início do ano letivo, para que a gente possa dar um apoio maior às escolas nas ações a serem realizadas com nossos estudantes durante o processo de ensino-aprendizagem”, afirma a coordenadora.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui