Comunidade da parte alta da capital participa de ação em combate ao racismo

68

O primeiro Ciclo de Conversas nos Territórios: (Sobre) Vivências Negras e os Desafios da Cidadania Diante do Racismo aconteceu na manhã desta quinta-feira (21), no Benedito Bentes. A programação foi a primeira escuta ativa realizada nas comunidades, favelas e periferias pelo Comitê Municipal da Igualdade Racial (Compir). 

Em alusão ao Dia Internacional da Luta contra o Racismo, a comunidade da parte alta da capital que estava presente no evento prestigiou ações das secretarias municipais que incentivaram a luta antirracista na capital alagoana.

Dentre as ações estavam apresentações afro artísticas, conversa sobre o letramento racial, ação da biblioteca móvel, diálogo com a secretária de habitação sobre projetos anti racistas dentro dos programas do município, diálogo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sms) sobre saúde pública na periferia (Epidemias), atendimento CADÚNICO e dinâmica de mapeamento racial com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Primeira Infância e Segurança Alimentar (Semdes)

A Presidente do Compir, Arísia Barros, destaca que o Conjunto Cidade Sorriso, no Benedito Bentes, tem uma população majoritariamente negra e com as suas desigualdades sociais. 

“Não levamos só serviços, e sim conscientização. O racismo é algo tão letal que provoca uma sensação de paralisia, precisamos instigar a coragem das pessoas. Vamos construir uma cidadania com base no respeito, na história e vivência, além de deixar claro que Maceió é Massa, Sem Racismo”. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui