DMTT disponibiliza e-mail para atendimento de estudantes com cartão bloqueado por biometria facial

28

Para agilizar o processo de verificação dos estudantes que possuem o cartão Vamu Escolar, bloqueado por biometria facial, o Departamento Municipal de Transportes e Trânsito (DMTT) está disponibilizando o e-mail atendimentobiometriadmtt@gmail.com para o atendimento. A medida dará aos alunos residentes em Maceió a possibilidade de verificar A situação do cartão referente ao bloqueio.

“Temos um alta demanda de procura dos estudantes com o cartão Vamu Escolar, bloqueado por biometria facial e com o atendimento por e-mail. Esse aluno vai poder entrar em contato com a nossa equipe e ter as informações sobre o motivo do bloqueio, como a foto do momento do uso do cartão e já verificar quantos dias faltam para a situação ser sanada”, explica a gerente técnica da divisão de cadastros especiais do DMTT, Michelly Amâncio.

Ao enviar o e-mail, o usuário deve informar o número do cartão, seu nome completo e também incluir o documento de identificação. A mensagem será respondida em até 24h pela equipe da Divisão de Cadastros do DMTT.

“Esse serviço vai evitar que o estudante precise vir ao DMTT para verificar a real situação do seu cartão”, pontuou Michelly.

Quando acontece o bloqueio por biometria facial?

O cartão Vamu Escolar é de uso pessoal e intransferível. O documento pode ser bloqueado em casos como empréstimo para terceiros e o não uso correto diante do validador, provocando assim a não captação da imagem do estudante.

A penalidade em caso de irregularidade constatada pela primeira vez é de 30 dias de bloqueio. Após o prazo, o usuário deve comparecer à sede do DMTT, na Av. Durval de Góes Monteiro, 829 – Tabuleiro do Martins, para realizar o desbloqueio do cartão.

Em caso de reincidência, a penalidade é de 60 dias. Caso aconteça uma terceira vez, o titular tem o cartão suspenso por 180 dias.

“Essa medida é uma proteção contra fraudes junto ao município de Maceió. É importante que os usuários façam o uso correto do cartão. É de extrema importância que o direito, garantido por lei e assegurado pela Prefeitura de Maceió, seja desfrutado a quem realmente se destina. Desta forma, todos os embarques passam por fiscalização”, ressaltou o diretor do Sistema Municipal de Transportes Urbano, Glauco Oliveira.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui