Maceió tem a 2ª melhor saúde fiscal do Nordeste e está entre as melhores do Brasil

28

De acordo com os dados do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro – SICONFI, divulgado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), a capital alagoana tem a 2ª melhor saúde fiscal do Nordeste e está entre as melhores do Brasil, aparecendo na 7ª colocação do ranking nacional. O resultado reflete o compromisso da gestão JHC com as contas públicas, que garante o desenvolvimento sustentável das finanças, sem abrir mão de realizar investimentos na cidade.

Em 2021, o Executivo Municipal tinha o desafio de sanar uma dívida superior a R$ 300 milhões, acumulada pela gestão anterior. “Quando assumimos o governo de Maceió, herdamos um rombo milionário no orçamento. Com muito planejamento e responsabilidade, não só ajustamos as contas, como também fizemos o maior investimento público da história de Maceió”, destacou o prefeito JHC.

Vale lembrar que Maceió foi a capital brasileira que mais priorizou investimentos públicos em 2023, com aumento de 1.248% em relação a 2019, segundo levantamento da Secretaria do Tesouro Nacional, divulgado no ano passado pelo jornal Valor Econômico. Já são mais de R$ 1 bilhão investidos em ações e obras estruturantes que estão trazendo desenvolvimento e dignidade para os maceioenses.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui