Egressos do trabalho infantil participam de seleção na busca do primeiro emprego

Jovens egressos do trabalho infantil tiveram a oportunidade de fazer entrevistas para o primeiro emprego, nessa quarta-feira (20), através do Projeto Emprega MCZ. Ao todo, 17 adolescentes participaram da ação que envolveu a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil (CMETI), Secretaria de Desenvolvimento Social, Primeira Infância e Segurança Alimentar (Semdes), Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária (Semtes) e o Sine Maceió.

Maria Eduarda, 15, é moradora do Vergel do Lago e conta que sempre sonhou em ter a oportunidade de ajudar sua mãe a melhorar de vida através do trabalho. Ela garante que vai abraçar a chance concedida.

“Eu estou muito feliz, é uma coisa que sempre imaginei, dar uma vida melhor à minha família, principalmente à minha mãe. Através dessa oportunidade vou conseguir construir o que sempre imaginei, que era comprar coisas para mim e ajudar em casa. Muito contente com essa oportunidade”, disse.

Jovens de diversos bairros de Maceió, retirados do trabalho infantil e desprotegido, passam por um acompanhamento da Subsecretaria da Primeira Infância, Criança e Adolescente, vinculada à Semdes, e são preparados para o mercado de trabalho.

Para a diretora da Primeira Infância de Maceió, Marcia Melo, esse trabalho é o resultado de uma soma de esforços para trazer uma qualidade de vida para os jovens e adolescentes que mais precisam.

“Sem palavras para a realização de todo esse movimento que proporciona a entrada no mercado de trabalho protegido. É uma oportunidade maravilhosa para proporcionar um futuro melhor para nossos jovens e adolescentes. Estamos muito emocionados”, explicou Márcia.

Antes das entrevistas, os adolescentes participaram de uma roda de conversa na Semdes sobre empregabilidade, conduta de profissional e a importância de entender a política da empresa. Agora, os beneficiados aguardam o resultado da seleção.

Deixe um comentário